Nova Grade

Nova Grade

Quer ajudar a manter o blog sempre vivo e atualizado e, além disso, ganhar recompensas? Conheça o Patreon, um site de assinaturas mensais que garante quadrinhos extras, brindes, desenhos originais e até video-aulas. Acesse: http://www.patreon.com/gusmorais

2 Comments

  1. Achei estranho, a tira da a entender que o ÚNICO motivo de existirem revoluções são os professores, como se SOMENTE eles acabassem com a apatia dos alunos, como se SÓ partisse deles a vontade de mudar. Com a inexistência do professor os próprios alunos instaurariam o caos a ponto de violentarem uns aos outros (entendo que pode ser proposital o exagero, mas mesmo assim) e a partir disso, partiria DELES o intuito de criar uma espécie de regime militar e de extrema direita? Essa história ignora que a maioria das revoltas parte das salas de aula das universidades e escolas, incluindo aí os estudantes, que inclusive são predominantes nas revoltas a favor dos professores.
    Também é bom lembrar que a imagem do professor nem sempre foi ligada a liberdade de ideias, sendo que muitas vezes impõe e forçam suas concepções. O professor na verdade muitas vezes é lembrado como um retrato de rijeza e ordem, que são palavras que lembram o exército e não lembram a esquerda que a tira parece defender.
    Se o autor colocasse os alunos como compelidos a seguir tais condutas seria compreensível, mas da forma que foi colocado a tira fica no mínimo esquisita.
    Mas eu devo exprimir que sou completamente a favor da causa dos professores e que sou fã do trabalho do autor, mas discordo com a ideia abordada nesse quadrinho.

    1. Não entendeu, vou desenhar… oh wait…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *