Pareciam doentes, Pareciam felizes.

Pareciam doentes, Pareciam felizes.

6 Comments

  1. Você é brilhante, e eu faço questão de ver absolutamente todas as suas postagens. Nunca tinha comentado aqui, antes, mas, me senti mal por estar sendo agraciado há tanto com a sua genialidade e jamais ter deixado um agradecimento.

  2. “Projeto na cidade uma dor só minha?
    Ou é a cidade que projeta a minha dor?

    Tenho uma amigaque desaprendeu a conversar, travestiu de cinismo sua tristeza, foi buscar filosfiana cerveja. Deve-se revelar uma ferida que o outro não vê? Talvez ela denuncie a minha também.

    Hoje a tarde, na praça Marechal Deodoro, vi três pombos dormindo sobre a grama parca.

    Pareciam doentes, pareciam felizes, parecia tramar sua próxima revolução.”

    Nada mais precisa ser dito.
    Parabéns, Gus.

  3. Acho fantástico que um poeta do seu calibre tenha resolvido enveredar-se pelos quadrinhos.

  4. O amigo Fex ai disse muito bem, vc é poeta meu veio… um poeta “quadrinístico” rs…
    Seu trampo eh bom demais cara.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *