Sobre Lobos e Heróis

Sobre Lobos e Heróis

6 Comments

  1. Me lembro de uma frase de Marilyn Manson, um ser que eu costumava a chamar de escroto:
    -“Se você pudesse dizer alguma coisa a esses jovens(autores do massacre) o que você diria?
    -“Eu não diria nada,eu ouviria o que eles tem a dizer,coisa que ninguém fez.”

    Acho triste e até infeliz fazer a seguinte a afirmação mas irei mesmo assim:Por trás de cada “psicopata” que recebe esse rótulo existe um ser humano de carne e osso, com sentimentos,algo que a psicopatia não abrange(apesar de terem cometido aquelas atrocidades).Pessoas que tiveram a voz apagada e desistiram de deixar uma boa impressão entre pessoas e passaram a tentar deixar elas em jogos,em seres imaginários,em personagens fictícios.Nos videogames somos heróis,mesmo de caráter duvidoso,salvamos,tentamos ao máximo.Com a voz apagada,eles gritaram com mortes e atrocidades usando armas e cometendo crimes.No fim todos choram mas mal sabem que eles mesmos criaram os monstros, que morreram como monstros,mas se você ligar o videogame lá esta o herói solitário um reflexo,de pessoas que tiveram sua voz de herói silenciada,transformada em jogo.E quando a voz dos heróis que eles um dia sonharam ser se calam,a voz do monstro grita.

    1. A psicopatia vai muito além do achismo amigo.

  2. Desculpe ter de estar perguntando, mas fiquei com a dúvida: Quem diz “o luto é nosso mas a culpa não!” as pessoas ou os personagens?

  3. Aparentemente refere-se aos personagens,jogos,livros(inclua a Bíblia aqui) que as pessoas usam como meio de fazer atrocidades. “Uma crença não é apenas uma idéia que a mente possui, é uma idéia que possui a mente.”

  4. Uma triste realidade, quadrinho perfeito…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *